BLOG

EXPERHT

RH ágil – Do conceito à prática

Um dos temas mais quentes do momento, mais que isso, um dos temas primordiais para tornar a atuação do RH cada vez mais relevante e estratégica nas empresas. Neste artigo vamos abordar conceitos, papel do RH e refletir sobre como utilizar a metodologia na prática.

Se você é de RH não pode deixar de ler e refletir. Conhecimento é o melhor caminho para ampliar o sucesso e tornar a área protagonista do processo de mudança.

Se você é um gestor ou empreendedor, deve cada vez mais entender estas práticas e atuar firme na melhoria dos processos. As mudanças envolvem todos os níveis da estrutura organizacional e sua liderança é decisiva.

O que você vai ver:

  • Conceito de RH Ágil
  • Manifesto Ágil de RH
  • Praticando o Conceito Ágil

 

Conceito de RH Ágil

A transformação digital veio mesmo para ficar! Uso de tecnologias para tornar as máquinas cada vez mais inteligentes e ampliar a produtividade, tornaram-se um diferencial competitivo.

O uso de inteligência artificial, big data, soluções em nuvem, dispositivos móveis, vem cada vez mais exigindo mudanças nos processos, que por sua vez, aceleram e esquentam o debate sobre princípios e valores que permeiam o mindset digital e que de fato transformam a empresa numa organização que agrega valor.

Os avanços tecnológicos aumentam a velocidade das demandas e imprimem certa “obrigatoriedade” à modernização. Diante deste cenário, surgem metodologias específicas para agilidade de processos, ampliação da capacidade de resposta aos clientes e redução dos custos. São as chamadas metodologias ágeis, originalmente pensadas para melhorar a qualidade de entrega de softwares e posteriormente ampliadas para utilização em diferentes áreas da operação, incluindo o RH.

De modo geral, podemos dizer que RH Ágil trata de uma metodologia, que transforma as ações da área em ações mais estratégicas, com base na estruturação de times colaborativos, com profissionais capacitados, que estimulam a autonomia, a confiança, o respeito e buscam os meios necessários para aprimorar as entregas.

Manifesto Ágil do RH

É como se diz… quem não muda…. dança, ou seja, precisamos mudar, sempre!  Num cenário de grande volatilidade, a maneira de pensar se transforma, os comportamentos se modificam e a gestão de pessoas precisa ficar alinhada. Daí a necessidade de se desenvolver o conceito de agilidade em RH, baseado fundamentalmente nos valores e princípios do Manifesto Ágil do RH:

Praticando o conceito Ágil

As diretrizes oriundas da metodologia estão promovendo inúmeras transformações no modo como encaramos a atuação da área. Para promover de modo efetivo a cultura ágil é necessário:

Pensar de modo amplo – RH deve entender o processo de ponta a ponta e melhorar a entrega final. Promover a inclusão de influenciadores, criar grupos multidisciplinares, para discutir de modo global os impactos de seus processos sobre outras áreas e vice-versa.

Fugir dos “feudos” – RH precisa contribuir para quebra da mentalidade de atuação em áreas, precisa conversar, entender e compartilhar objetivos macro do negócio. Promover conjunção entre os diferentes times, que devem adotar postura colaborativa.

Reforçar padrões culturais – RH deve atuar firmemente no reforço dos comportamentos que favorecem a metodologia ágil, deixar claro que é esperado num ambiente de contribuição e fomentar o uso através de boas práticas.

Buscar oportunidades de melhoria – Ter o desenho de seus processos estabelecido junto aos times, mantê-lo visível, permitir que as pessoas vejam oportunidades reais de melhoria e contribuam. Todos devem perguntar constantemente: como posso melhorar?

Criar espaço para experimentação – Assim que identificada uma oportunidade de melhoria, RH Ágil trabalha sobre ela, ou seja, constrói hipóteses, testa, implementa, valida, cria um ciclo de iteração positiva, em que novas melhorias podem sempre ocorrer.

Estabelecer métricas e incentivar as pessoas a cumprí-las – As métricas devem conduzir o trabalho das pessoas, por isso devem estar estabelecidas de acordo com o que realmente agrega valor, direcionando os esforços no sentido da melhoria das entregas. Pessoas tendem a realizar melhor aquilo sobre o que são avaliadas. A clareza dos registros e resultados, permite que os próprios colaboradores identifiquem gaps e busquem caminhos de melhoria. Isso gera demandas pertinentes de formação e capacitação, permite a evolução das pessoas, ajuda a manter um ambiente saudável de crescimento integrado, pessoas e organização.

Analisar tendências – RH deve usar métricas e indicadores para entender a correlação entre os dados e gerar insights de melhoria.

Por fim, busque alternativas, compartilhe responsabilidades, organize o trabalho. Vivencie o mindset da cultura digital, pratique a digitalização dos processos. Reflita sobre seus processos. Pergunte-se:

Está utilizando a tecnologia e a inteligência artificial em seus processos?

Tem implementado rotinas que melhoram a experiência de seus clientes (internos e externos)?

Tem medido a satisfação e recebido feedbacks?

Consegue atuar com base em dados?

Sua atuação, como área de RH, está promovendo a cultura e o mindset ágil?

Quer trocar ideias sobre como pode começar? Conte com o apoio de nossa consultoria.

A troca de informações é um excelente caminho para iniciarmos esse processo.