BLOG

EXPERHT

O que é a Linguagem de programação COBOL?

Enquanto damos nossos passeios conhecendo as mais diversas linguagens de programação, por que não olhamos um pouco ao passado?

Criada em 1959 por um comitê de várias instituições civis e governamentais, o COBOL surgiu com o objetivo de facilitar o controle de negócios, podendo ser utilizada em diversos computadores, é uma das linguagens de programação mais antigas, detendo mais de 60 anos de história e ainda assim se mantém relevante em alguns aspectos.

Uma abreviação de Common Business Oriented Language (linguagem orientada a negócios padrão – em tradução livre), o COBOL é uma linguagem de programação de alto nível voltada para o mercado corporativo, como vemos em seu nome.

Foi implementada por um comitê chamado de CODASYL a fim de facilitar o processamento de dados financeiros, tornando-a a primeira linguagem de alto nível utilizada de forma ampla no mercado, especialmente em sistemas mainframe.

É evidente que uma linguagem jurássica cairia em desuso ao longo dos anos, mas ainda assim recebeu atualizações voltadas para sua portabilidade e utilização em sistemas mais modernos, como Linux, Windows, .NET e Cloud.

Um dos pontos mais impressionantes do COBOL é sua robustez na capacidade de lidar com bugs, oferecendo diversas ferramentas para realização de debug e testes de erros, facilitando a escrita de um código extenso pela pessoa desenvolvedora. Outra característica interessante é sua simplicidade, inicialmente criada a fim de ser uma linguagem simples e direta, apresenta um escopo de função limitado em decorrência disso.

Por muito tempo foi exclusivamente uma linguagem que segue o paradigma estruturado, com programas escritos em estruturas lineares simples de subrotinas, iterações e funções. Entretanto, em 2002 foi lançada uma versão do COBOL orientada a objetos, aumentando sua versatilidade.

Apesar dessas atualizações, atualmente o COBOL tem sua utilização focada na preservação de sistemas legado, mantendo-os ativos ou migrando-os para outra linguagem, mantendo sua história registrada dessa forma.

Você já tinha conhecimento sobre uma das primeiras linguagens de programação?

Para mais dicas e conteúdos como este, clique aqui para voltar ao blog e conferir outras matérias.